Como tratar disfunção erétil psicológica

Falar sobre como tratar disfunção erétil psicológica é um pouco difícil, pois a maioria dos homens que apresentam essa disfunção não admitem que estão enfrentando problemas causados por ela.

E mesmo que alguém fale sobre isso, certamente irá desconversar e afirmar que com ele tudo está bem.

Quando na verdade, algo está acontecendo e o problema maior é assumir que existe o problema de disfunção erétil psicológica.

Entendemos que é cultural o homem sempre se colocar como imbatível, o vigoroso, atlético, insaciável.

Tudo isso faz parte da masculinidade desenvolvida por anos de atuação.

E mesmo quando existe alguma alteração na atividade sexual, é mais fácil dizer que está estressado ou coisa do tipo, sem querer buscar a origem do problema, que pode ser disfunção erétil psicológica.

Quando o homem começa a apresentar sintomas da disfunção erétil e procura ajuda médica, alguns exames devem ser realizados. 

Isso é importante para que outras doenças sejam investigadas, bem como a origem da disfunção sexual.

E quando a maioria dos motivos que levam a disfunção erétil são eliminados, entra em questão outro fator que está relacionado a ansiedade e ao estresse.

Chamada de DEP a disfunção erétil psicológica se caracteriza quando se descarta qualquer problema relacionado a doenças ou falta do hormônio masculino.

A disfunção erétil psicogênica tem tratamento, e é preciso consultar um médico especialista para que possa ser identificada e tratada.

Mas antes de mais nada, vamos entender quais são os sintomas dessa disfunção erétil  e então entender como tratar disfunção erétil psicológica.

 

 

disfunçao-eretil-sintomas

Disfunção erétil sintomas

Ao apresentar os primeiros sintomas da disfunção sexual o ideal é que o homem procure ajuda de um médico especialista.

Sempre batemos nessa mesma tecla, pois independente de ser “óbvio”, existe uma barreira dos homens em procurar por esse especialista.

Sendo conhecida também como impotência sexual, a principal característica da disfunção sexual é que o pênis não fica ereto o suficiente para a penetração.

O que causa uma sensação de frustração muito grande para os homens.

Quando a situação se repete com frequência, este é um sinal de que algo está errado e a falta de ereção pode ser um problema físico ou emocional.

Ao procurar ajuda médica, o homem precisará fazer um exame de sangue para saber se a testosterona, que é o principal hormônio masculino, está nos níveis ideais.

Nada complicado com isso!

Já falamos sobre o que acontece quando o homem está com a testosterona baixa em outros artigos.

 

Leia o artigo sobre: Importância da Testosterona para a vida do Homem

Além disso outros fatores como:

  • Medicamentos, 
  • Fumo, 
  • Álcool, 
  • Diabetes, 
  • Obesidade e 
  • Questões cardíacas…

Também podem interferir no desempenho sexual do homem.

E com tantos fatores relacionados a não conseguir manter uma ereção, o problema entra no campo emocional e prejudica ainda mais o desempenho sexual, causando a disfunção erétil psicogênica.

O impacto é tão grande que mentalmente você acha que não irá conseguir ter um bom desempenho sexual todas as vezes que houver a oportunidade.

Mesmo porque o cérebro humano tem total participação no poder da ereção masculina, entenda mais a seguir.

 

 

como-cerebro-interfere-disfunçao-eretil

Como o cérebro interfere na ereção masculina

O primeiro sinal da excitação sexual é proveniente diretamente daquilo que enxergamos. 

Dessa forma, se no momento do ato sexual as pessoas estiverem com algum problema, pensando em outras coisas, nossa mente não vai colaborar com a relação.

Por isso muitas vezes a disfunção erétil tem relação com problemas psicológicos enfrentados principalmente no dia a dia.

Alguns desses problemas podem ser:

  • Questões enfrentadas no trabalho;
  • Dívidas e dificuldade de manter as finanças em dia;
  • Desemprego e a dificuldade de uma nova colocação profissional.

De maneira geral esses são os principais causadores da disfunção sexual em homens atualmente.

Existem outros fatores, mas não queremos ficar apresentando problemas e sim indicar soluções passíveis de tratamento para que você continue a ter qualidade de vida.

Outras questões que estão ligadas com o cérebro também podem influenciar na disfunção erétil psicogênica, como por exemplo:

  • Depressão;
  • Falta de desejo sexual;
  • Ansiedade;
  • Dificuldade em se relacionar;
  • Baixa autoestima.

 

Leia o artigo sobre: 5 sinais que indicam baixa testosterona em homens

 

 

disfunçao-eretil-procurar-ajuda

Disfunção erétil psicológica – quando procurar ajuda

Todos os problemas relacionados à disfunção erétil ou disfunção erétil psicológica podem ser tratados com ajuda de um médico especialista, sendo que ele é a pessoa certa para indicar qual é o melhor tratamento para cada caso.

Por isso ao procurar ajuda não tenha vergonha de falar sobre o que está passando e faça quantas perguntas forem necessárias para saber como tratar disfunção erétil psicológica.

Além disso você pode contribuir com simples mudanças em seu estilo de vida como a prática de exercícios físicos e atividades que trazem prazer e bem estar para você.

É cientificamente comprovado que, quando buscamos fazer qualquer atividade que sentimos muito prazer e descontração, nosso organismo se revigora e voltamos a um estado de equilíbrio emocional.

Não é a toa que existem alguns verbetes usuais, em que as pessoas falam: “está estressado, vai pescar”.

Eu por exemplo, gosto muito de fotografia, e quando sinto que preciso relaxar, vou em busca de ter um tempo fotografando na natureza, longe de aglomerações.

Tenho um amigo que faz meditação.

Procure algo que você goste muito, ou apenas relaxe a ponto do seu equilíbrio voltar.

E claro, procure se estimular sexualmente com a sua companheira, a fim de juntos poderem se ajudar, isso só irá trazer benefícios junto ao tratamento, que possivelmente você terá que fazer.

Não se deixe abater pela disfunção erétil psicológica, como dissemos anteriormente, existe solução e indicação de um bom tratamento pelo profissional adequado.

Agora é com você

Lí uma frase interessante hoje…

A vida não tem controle remoto, VOCÊ PRECISA LEVANTAR e MUDAR.

Faça tudo o que você puder para você mesmo, a gratidão estará no seu estado mental e físico.

Se gostou desse artigo, gostaria que você compartilhasse com seus amigos em suas redes sociais, pois nos ajuda na divulgação e no estímulo de trazer mais conteúdo relacionado a Saúde do Homem.

Vou deixar um vídeo que gosto muito, pois retrata várias situações que podemos enfrentar no dia a dia e buscar uma solução.

Espero que goste!

Sobre mim ...

Entusiasta sobre a Saúde do Homem, Nutrição e Esporte, afim de trazer informação relevante sobre qualidade de vida para o Homem maduro.

Nosso foco ...

Separe um tempo para se informar sobre algumas doenças que podem surgir no decorrer da sua vida, principalmente as que envolvem a sua libido e o seu prazer sexual.
Falar sobre esses temas faz parte do nosso foco, e queremos ajudar o maior numero de homens que, por vergonha, evitam querer se expor e perdem a oportunidade de conhecer sobre essas doenças e se cuidarem.
Estamos aqui para isso, ajudando e tratando de certa forma para que a sua saúde possa ser plena e controlada. Blog sobre Saúde do Homem!

Artigos Recentes

Me siga no Facebook

Cadastre-se e receba nossa Newsletter

Não fazemos SPAM fique tranquilo!

error: Content is protected !!